Quem Somos

A Igreja Presbiteriana Lusitana provém dos esforços de evangelização realizados na ilha madeirense. Somos uma igreja espiritualmente vital, crescendo na graça e no amor de nosso Senhor. Pretendemos recebê-lo que enorme companheirismo e esperamos o mesmo da sua parte.

 

A HISTÓRIA

No decorrer dos séculos XIX e XX surgem muitas comunidades presbiterianas Portugal continental e ilhas, sendo em 1926 planeado um presbitério. Em 1944 concretiza-se o vínculo de todas as Igrejas prebiterianas, surgindo a Igreja Presbiteriana de Lisboa.

Em 1952 é originado o Seminário de Teologia, antigamente em Carcavelos, e tendo mudando para Lisboa em 1970. Entre 1952-1958, sob a chefia de Michel, aderem ao movimento presbiteriano a grande parte das comunidades congregacionais portuguesas, sendo Portugal vanguardista na ligação das duas confissões. A nível mundial, isto apenas tinha acontecido em Nairobi. Em outubro de 1958 reúne-se o primeiro Sínodo da IPL. A mesma assume-se como Igreja reformada que procurava viver um evangelho vivaz, com base na Bíblia, fonte de todo o testemunho, e ser devotado à memória iniciada por Martinho Lutero e João Calvino no Sec. XVI. A IPL procura um testemunho de Cristo na caridade com os mais desprotegidos e necessitados, tendo promovido a partir do seu inicio importantes obras sociais. Nos anos 60 foi precursora do ecumenismo em Portugal, tendo originado em 1969, na Figueira da Foz, o Centro Ecuménico Reconciliação. A IPL é uma das mais antigas Igrejas não católicas em Portugal, tendo atualmente por volta de 42 paróquias servidas por 9 pastores e 7 pastoras. A nível nacional é integrante do Conselho Português de Igrejas Cristãs, que fundou em 1971. A IPL passava a ser integrante do Conselho Mundial de Igrejas a partir de 1968, membro da WARC, da KEK e da CEPPLE.

 

NOSSAS CONEXÕES

A IPL está conectada a várias igrejas. Uma das quais, a igreja nacional, fundada em 1973 e, que está comprometida com o presbiterianismo histórico, que se expressa em ser fiel às escrituras, à fé reformada e à grande Comissão de Jesus Cristo. Ao longo dos anos cresceu para incluir mais de 400 igrejas com quase 50.000 membros. Em 1985, a Igreja Presbiteriana Reformada juntou-se a nós, trazendo quase 25.000 novos membros. À medida que nos aproximamos do nosso 32º ano, temos aproximadamente 1112 igrejas, 213 igrejas missionárias e 221.000 membros. Subscrevemos os credos históricos da igreja, e a Confissão de Fé e Catecismos Maiores e mais Curtos.

 

NÓS ACREDITAMOS. . .

– A Bíblia é a inspirada na Palavra de Deus, a única norma infalível de fé.

– Toda a humanidade participou na queda de Adão de seu estado sem pecado original. Assim, todo homem nascido neste mundo está perdido no pecado e totalmente impotente para se salvar a si mesmo.

– O Deus Soberano, por nenhuma outra razão que não seja Seu amor e misericórdia, escolheu pecadores de todas as nações para serem compensados pela morte e ressurreição de Jesus Cristo.

– Há um Deus, eterno e auto-existente em três pessoas (Pai, ​​Filho e Espírito Santo) que devem ser igualmente amados, honrados e adorados.

– O batismo é um sinal da aliança de Deus e é devidamente administrado aos filhos dos crentes em sua infância, bem como àqueles que vêm como adultos para confiar em Cristo.

– Aqueles a quem o Espírito vivifica, passam a crer em Cristo como seu Salvador, tornando-se filhos de Deus. Aqueles que creem em Cristo são capacitados, pelo poder de Deus.

– Na morte, a alma do cristão passa imediatamente para a presença de Deus e a alma do descrente é eternamente separada de Deus para condenação.

– O objetivo da salvação de Deus na vida do cristão é santidade, boas obras e serviço para a glória de Deus.

– A Igreja foi comissionada por Jesus Cristo para pregar o Evangelho e fazer discípulos de todas as nações até o retorno de Cristo.

– Jesus Cristo voltará à Terra, num tempo em que não é esperado, para consumar a história e o plano eterno de Deus.

 

LIDERANÇA DA IGREJA LOCAL

Os anciãos da igreja são encarregados da supervisão espiritual da família da igreja. Pastorear a congregação é a prioridade dos anciãos, que inclui visitar os membros da igreja e indagar sobre a sua caminhada com o Senhor e quaisquer áreas de preocupação para a oração e encorajamento. Também comunica a visão da igreja, que inclui planeamento, definição de metas, fazer discípulos, supervisionar o culto e ser pacificadores. Os anciãos individuais devem ser nomeados e eleitos pela congregação. Existem dois tipos de anciãos – anciãos de ensino e anciãos governantes.

 

NOSSO PASTOR, Rui Salvador

Marido de Inês

Pai de Gustavo, Júlio, e Nélson

Educação

Licenciatura em Ciências Sociais na Universidade.

Mestrado em Divindade, Seminário Pacifico

 

O diaconato

Os diáconos na igreja expressam a misericórdia e a compaixão de Cristo. Eles cuidam das necessidades materiais e espirituais da congregação. Além disso, o Diaconato encontra formas eficazes de ministrar as necessidades sociais e materiais da comunidade local. Os diáconos são eleitos pela congregação.

Diácono: José Pacheco

 

ADMINISTRADOR DA IGREJA

Formado por um administrador da igreja, que é Inês, esposa de Rui Salvador.

 

MEMBROS

Se você quiser informações sobre as etapas necessárias para se tornar um membro, por favor, fale com o Pastor ou um dos oficiais da igreja. Eles ficarão felizes em guiá-lo.